Agora...

00:00:00

sábado, 7 de maio de 2016

Styles é campeão invicto do futebol 7 de Flores da Cunha

Uma campanha irretocável. Foram sete jogos, sete vitórias e 100% de aproveitamento. O título inédito do Styles foi conquistado na final que teve belos gols, reclamações, cartões amarelos, expulsões e briga entre as torcidas. No final, a torcida do Styles comemorou o título.

O jogo realizado no campo do Cruzeiro, em São Gotardo, foi bastante disputado com jogadas ríspidas, mas em nenhum momento com deslealdade. O Styles venceu a equipe do Madruga pelo placar de 2 x 1 e conquistou o primeiro titulo da competição.

No primeiro lance de perigo, o Styles abriu o placar. Eram 8 minutos quando André Debon derrubou Polaco e recebeu o cartão amarelo. Numa bela jogada ensaiada, Mica Rosa tocou para Josu que cruzou para Polaco que livre leve e solto só teve o trabalho de empurrar para o gol. 

Polaco recebeu lançamento e na caída da bola chutou para boa defesa de Ronaldo. A equipe do Madruga respondeu em chute de fora da área de Franciel. A bola desviou em Mica Rosa e quase enganou William. 


Na cobrança de falta de Tita, o goleiro Piriquito deu rebote e Base perdeu grande chance para o Madruga. Na jogada rápida do Styles, Mascarello deixou o braço no rosto de Polaco e recebeu o cartão vermelho direto.

A equipe do Madruga voltou com um jogador a menos até completar os dois minutos da expulsão de Mascarello, mas o Styles não aproveitou.


Franciel foi lançado pela esquerda e chutou forte. Piriquito espalmou para o lado e Junior Belé encheu o pé para marcar o gol de empate do Madruga. Polaco reclamou da arbitragem e recebeu o cartão amarelo. 

Marcarini fez jogada individual e chutou forte. Ronaldo deu rebote e Betinho chutou  por cima do gol, perdendo boa chance para o Styles. No contra ataque, o Madruga perdeu a chance da virada. Erich recebeu belo lançamento e ficou cara a cara com Piriquito, que fez grande defesa.

André Debon cometeu falta forte, recebeu o 2º amarelo e com alguma demora recebeu o cartão vermelho. Mais uma vez, a equipe do Styles não aproveitou a vantagem numérica para marcar o gol de desempate. 

O gol do título do Styles veio aos 23 minutos da etapa final. Barcaro fez jogada pela direita, brigou com a saga do Madruga que não afastou. No bate rebate, a bola sobrou para o artilheiro Polaco que não desperdiçou e saiu para comemorar com a comissão técnica e torcida. 

A equipe do Styles fez barba, cabelo e bigode. Willian Menegat, com 5 gols sofridos, foi o goleiro menos vazado do certame. Polaco, com 11 gols marcados, foi o artilheiro da competição.

A equipe do Cruzeiro levou o troféu disciplina. A premiação foi entregue pelo vereador Moacir Ascari, o "Fera" e pelo Prefeito Municipal de Flores da Cunha, Lídio Scortegagna. 

Por: Maicon Pan

Nenhum comentário:

Postar um comentário