Agora...

00:00:00

domingo, 29 de maio de 2016

Ferroviário se impõe, goleia e está na final da Libertadores do Nordeste

Na tarde chuvosa deste domingo, 29 de maio, a equipe do Ferroviário venceu o Cavaleiros F. C. de Vacaria pelo placar de 5 x 1 e carimbou a vaga para a sexta final da história e a quinta decisão consecutiva. 

Depois da derrota por 3 x 1 em Vacaria a equipe precisava reverter a desvantagem e durante a semana a direção, comissão técnica e atletas se mobilizaram para fazer um grande jogo e buscar a classificação.
 
Ferroviário chega a sua sexta final e busca o 5º título consecutivo
No início do jogo, as duas equipes prezaram a marcação e o jogo não fluía. O Ferroviário chegou pela primeira vez aos 12 minutos na triangulação pela esquerda. Lucho tocou para Gavião que devolveu para o lateral que nem cruzou e nem chutou, desperdiçando a chance. 

Aos 17 minutos, a equipe do Ferroviário abriu o placar. Banana lançou o goleador Joceir que pegou de primeira sem deixar a bola cair. O chute saiu cruzado, no canto esquerdo do goleiro Turella. 

Aos 20 minutos o zagueiro Mauricio cobrou falta de longe e assustou o goleiro Turella. Aos 22 minutos, Tiago tocou para Joceir que fez o pivô e tocou para o lateral Elieser que chutou e a bola explodiu no travessão.

Joceir marcou o 1º e chegou ao 12º gol na competição
Aos 38 minutos, a equipe do Ferroviário ampliou. Banana fez um jogo simplesmente espetacular. Joceir chutou cruzado. O goleiro Turella espalmou de manchete para fora da grande área. Banana acertou uma bicicleta fantástica e encobriu o goleiro do Cavaleiros F.C. 

Logo aos dois minutos da segunda etapa, Tiago Rens cobrou falta para boa defesa de Turella. Aos quatro minutos Banana arriscou da entrada da área e desta vez o goleiro Turella falhou. Era o 3 x 0 para os donos da casa. Com esse placar, o Ferroviário estava se classificando sem a necessidade da prorrogação. 

Aos treze, a equipe do Cavaleiros F.C diminuiu o placar. Na boa troca de passes que envolveu a defesa do Ferroviário, Douglas recebeu passe açucarado e só teve o trabalho para empurrar para o fundo das redes. Com esse placar o jogo teria prorrogação de trinta minutos.

Aos quinze minutos, o Ferroviário marcou o 4º gol. Depois da cobrança de escanteio, Tilão, que havia entrado no lugar de Mauricio, subiu com a zaga, a bola rebateu no zagueiro e ficou a feição do zagueiro que de pé direito marcou para a equipe do técnico Eder Vanzin. 

Desfalque no jogo de ida, Tiago teve boa atuação
Aos 32 minutos, João Cleber da Rosa fez falta dura e recebeu cartão amarelo. Jair Borella que estava no banco devolveu a bola e se estranhou com o volante Fabiano. A confusão começou entre atletas e comissões técnicas das duas equipes. Quando os seguranças e a turma do “deixa disso” acalmaram os ânimos, sobrou cartão vermelho para Jair e João do Ferroviário e Fabiano do Cavaleiros F.C.

Neste instante do jogo, a equipe comandada por Volmir Bolzani tentava a marcação do 2º gol para levar a partida para o tempo extra. No contra ataque, Josuel, que substituiu Lucho, cruzou e o artilheiro Joceir pegou de primeira e a bola passou rente a trave de Turella. 

Banana marcou dois, um deles numa linda bicicleta 
Aos 44 minutos o Ferroviário matou o jogo. Em mais um contra ataque, Joceir tocou de calcanhar para Elieser que encontrou Kaká livre na entrada da área. O meia que substituiu Banana dominou e só teve o trabalho de tirar do goleiro Turella e fechar o placar em 5 x 1. 

Com a goleada, a equipe rubro negra chega a sua sexta-final. Em 2010 foi vice-campeã. Em 2012, 2013, 2014 e 2015 a equipe conquistou o tetracampeonato. Neste ano, o Ferroviário busca do 5º título.

Marcarini e Pataço ajudaram na marcação
O adversário da final será o Paranaguá. Depois de vencer o jogo de ida por 3 x 2, a equipe de Nova Roma do Sul foi surpreendida e perdeu o jogo no tempo normal por 2 x 1. Na prorrogação, o Paranaguá venceu por 1 x 0 e garantiu a classificação para a grande final. 

O primeiro jogo da final será disputado no Travessão Curuzu, em Nova Pádua, no próximo domingo, dia 05 de junho. O segundo jogo acontece no Estádio Narciso Piola, em Nova Roma do Sul.

Final
1º jogo - Ferroviário x Paranaguá

Por: Maicon Pan

Nenhum comentário:

Postar um comentário