Agora...

00:00:00

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Ferroviário larga em vantagem

Nos primeiros minutos, o jogo foi bastante estudado e as equipes errando muitos passes. Aos poucos a equipe do Travessão Curuzu foi tomando conta do jogo e pressionando o time da casa. A primeira grande chance foi do Planalto num belíssimo chute do atacante Rafael Pegoraro que obrigou o goleiro Jair a fazer uma grande defesa.

Aos 35 minutos, Fábio Menegola, umas das surpresas do técnico Marcos Pivotto, abriu um placar para a equipe visitante. De acordo com a sumula do jogo, o gol foi anotado para Kiko. Chama a atenção que o camisa 8 do Ferroviário cobrou o escanteio que resultou no gol da equipe visitante. Quando o Ferroviário ainda comemorava, aos 38 minutos, o Planalto chegou ao empate num belo cabeceio de Rafael Pegoraro.

Foto: Maicon Pan 
No lance seguinte o arbitro da partida Sebastião Morais marcou uma falta técnica de um atleta da equipe do Planalto. No bolo de jogadores, o árbitro apresentou o 1º cartão amarelo. Os jogadores do Planalto cercaram o árbitro que mostrou mais um cartão amarelo. Na confusão o juiz da partida mostrou o 3º amarelo e em seguida um cartão vermelho.

Neste momento os jogadores reservas e os integrantes da comissão técnica do Planalto invadiram o campo e cercaram o trio de arbitragem. O jogo ficou parado por cerca de 20 minutos.

Até então a torcida e jogadores das duas equipes não sabiam para quem o juiz havia mostrado os cartões amarelos e que atleta ele havia expulsado. Quando os jogadores saiam de campo para o recomeço da partida, Plínio Bisinella e Pedro Pegoraro que estavam na reserva deixaram o campo expulsos. Na confusão, Guilherme Gelain levou o 2º amarelo e por conseqüência o vermelho.

Foto: Maicon Pan
Com um jogador a mais, o Ferroviário começou a 2ª etapa pressionando, enquanto que a equipe da casa se defendia e jogava nos contra ataques. Cesar Miozzo mais uma vez teve uma atuação segura. A pressão era muito forte e aos 27 minutos, Fábio desempatou em mais um gol de cabeça. Com dores na virilha esquerda, o artilheiro da tarde foi substituído e muito aplaudido pela torcida e pelos companheiros.

Do outro lado, com poucas opções no banco de reservas, Olinto Pegoraro tirou o atacante Douglas e colocou Ronaldo Boniatti no ataque. Nos poucos minutos que esteve em campo, o até então goleiro teve uma chance clara para empatar a partida.

No próximo domingo, mesmo desfalcada, a equipe do Planalto precisa vencer por um gol de diferença para decidir a classificação nas cobranças de penaltis. Se vencer por dois gols de diferença no tempo normal, a equipe do Planalto garante vaga na grande final da 1ª divisão.

Resultados do 1º jogo da Semifinal:
Cerro Largo 0 x 4 Paduense
São José 3 x 0 Santo Antônio
Curuzu 1 x 2 Leonel

Por: Maicon Pan

Nenhum comentário:

Postar um comentário