Agora...

00:00:00

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sul’ Monte e Base I disputam o título do handebol

Na noite de ontem, foram definidas os finalistas do campeonato municipal de handebol feminino. No primeiro jogo da noite, o Sul’ Monte venceu a equipe do Golden pelo placar de 7 x 3. No 1º tempo, o Golden não deu chances para o adversário e abriu 3 x 0. Antes que o juiz apitasse o final da 1ª etapa, o Sul’ Monte diminuiu a diferença para 3 x 1.

Foto/Montagem: Maicon Pan
No intervalo o técnico Roger Boniatti acertou a equipe. Antes dos 5 minutos o Sul’ Monte já tinha virado a partida. A equipe do Golden não conseguiu repetir a boa atuação do 1º tempo. Com superioridade, o Sul’ Monte fechou o placar em 7 x 3.

No outro jogo da noite, a equipe do Base I confirmou o favoritismo e venceu a equipe do São José pelo placar de 8 x 2. Desde o início da partida, a equipe do Base I foi superior e construiu a vitória com certa tranqüilidade.

Na próxima sexta-feira, dia 02 de dezembro, as equipes do Sul’ Monte e do Base I se enfrentam na final do handebol feminino de Nova Pádua.

Por: Maicon Pan

No futsal mirim, Paredes continua imbatível

Mais uma vez, a equipe do Paredes não tomou conhecimento no futsal mirim. Na noite de ontem a vitima foi mais uma vez a equipe do Barra. Depois de perder no jogo do 1º turno, a equipe do técnico Eloi Marin foi goleada por 19 x 0.

Foto: Maicon Pan
Com a vitória, a equipe do Paredes garantiu vaga na final e aguarda pelo adversário que sai amanhã entre Gudplei e Barra. No primeiro jogo entre as duas equipes, o Gudplei venceu por 13 x 1.

A final desta categoria acontece na sexta-feira, dia 02 de dezembro, a partir das 20:00h no Ginásio Municipal.

Por: Maicon Pan

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Equipe florense é campeã gaúcha de futebol

O time feminino de futebol de Flores da Cunha é campeão gaúcho da categoria. A equipe venceu o FEC Internacional nos pênaltis por 7 x 6 na tarde de ontem, dia 27 de novembro, e conquistou a taça inédita.

Foto: Antônio Coloda
No tempo normal, o jogo, disputado no Estádio Homero Soldatelli, terminou 1 x 0 para as visitantes.

Como na partida de ida, em Porto Alegre, as florenses ganharam também por 1 x 0, a decisão ocorreu na cobrança de penalidades.

O time campeão estadual é comandado pelo treinador Luciano Brandalise. Leia mais sobre a conquista na edição impressa do dia 2 de dezembro.

Texto: www.jornaloflorense.com.br

Por: Maicon Pan

sábado, 26 de novembro de 2011

Paduense é bicampeão

Em tarde ensolarada, o Paduense sagrou-se campeão do 19º Campeonato Municipal de Nova Pádua – Taça Ângelo Rossi. Com a vitória de 4 x 0 sobre o Planalto, o time da sede conquistou o bicampeonato da modalidade.

Foto: Leticia Pan
Com seis desfalques, o Planalto vez o que pode para segurar o Paduense. Aos 23 minutos, Loco Abreu recebeu a bola na entrada da grande área, driblou três marcadores e chutou forte no canto esquerdo do goleiro Ronaldo fazendo 1 x 0.

Aos 35 minutos, Roger o goleador do campeonato com 14 gols recebeu o cruzamento da esquerda e de primeira colocou a bola no ângulo do goleiro Ronaldo.

No segundo tempo, o Paduense diminuiu o ritmo e o Planalto não demonstrava força para reagir. A equipe do Técnico Olinto Pegoraro sentiu as ausências dos titulares Ricardo Martello, Guto e Ricardone.

Foto: Leticia Pan
Aos 24 minutos, Roger marcou o segundo dele e o 3º do Paduense em cobrança de falta perfeita. Logo em seguida, aos 27 minutos, Roger deixou o companheiro Leo Sonda na cara do gol. O vice-artilheiro da competição só teve o trabalho de deslocar o goleiro Ronaldo e fechar o placar em 4 x 0.

A equipe do técnico Inácio Sonda jogou com seriedade e conquistou título com 9 vitórias, nenhum empate e apenas 1 derrota. Com autoridade, o Paduense é Bicampeão Municipal de Nova Pádua.

Além do título e do artilheiro, o Paduense também conquistou o troféu disciplina. Jair Borella, da equipe do Ferroviário ficou com o troféus de goleiro menos vazado.

Foto: Leticia Pan
Classificação Final
Campeão: Paduense
Vice-Campeão: Planalto
3º Lugar: Ferroviário
4º Lugar: Cerro Largo

Por: Maicon Pan

São José é campeão da 2ª divisão

Foto: Maicon Pan
Debaixo de um sol escaldante, a disputa da 2ª divisão foi decidida na bola parada durante o tempo regulamentar e na cobrança de pênaltis para decidir o campeão.

Na parada para a hidratação na metade do 1º tempo, os jogadores já demonstravam cansaço por conta da temperatura que ultrapassava os 30 graus.

Durante os 90 minutos, o jogo foi decidido em duas bolas paradas. Aos 23 minutos da 2ª etapa, o São José abriu o placar num belo cabeceio do atacante Rafael Dalla Valle.

Foto: Maicon Pan
Depois do gol o jogo literalmente esquentou. Aos 39 minutos, Palha fez uma grande defesa no chute de Vinícius. No lance seguinte Sulivan Bernardi empatou de cabeça depois da cobrança de falta. Aos 44 minutos, Polaco cabeceou acertou o travessão de Totta depois de mais uma cobrança de falta.

Com o placar empatado em 1 x 1, o título foi decidido nos pênaltis. A equipe do São José venceu por 5 x 4 e conquistou o título da 2ª divisão do campeonato Municipal de Nova Pádua – Taça Ângelo Rossi.

Foto: Leticia Pan
Classificação Final
Campeão: São José
Vice-Campeão: Leonel
3º Lugar: Curuzu
4º Lugar: Santo Antônio

Por: Maicon Pan

O dono do apito

Jean Pierre Gonçalves Lima, 32 anos, será o arbitro que terá a missão de conduzir a final do Campeonato Municipal de Nova Pádua da melhor maneira possível. É um juiz experiente, tendo apitado o 1º jogo da final do Gauchão deste ano quando o Grêmio venceu o Gre-Nal por 3x2. Recentemente apitou a vitória do América-MG sobre o Corinthians pelo campeonato brasileirão.

Foto: Divulgação
Na oportunidade marcou um pênalti para a equipe do América, que causou muita discução por parte dos corintianos, e agressão no aeroporto de Guarulhos. Jean Pierri foi cercado por quatro torcedores de uma torcida organizada do Corinthians e atingido por pontapés.

Natural de Pelotas, o árbitro da Federação Gaúcha e árbitro da CBF é professor de educação física. Sua aparência lembra muito a de Vin Diesel, ator norte-americano. A presença do árbitro na grande final é uma atração a mais. Confira os jogos que o árbitro apitou na temporada de 2011 no endereço ao lado: http://www.ogol.com.br/arbitro.php?id=2783&menu=results

Por: Giovani Fabian (Jackís)

Chegou a Hora: Paduense x Planalto

Final:
Data: 26 de Novembro
Horário: 17:00 horas
Local: Campo do Paduense (decidido por sorteio)
Arbitragem: Jean Pierre de Lima, da Federação Gaúcha e Árbitro da CBF


ESPORTE CLUBE PADUENSE

Campanha:
Com uma campanha de 88,88% de aproveitamento, são nove jogos, sendo oito vitórias e uma derrota. É o melhor ataque da competição com 38 gols, em compensação é a defesa que mais sofreu gols das equipes que classificaram para a Primeira Divisão, com 10 gols sofridos.

Quem deve jogar?
Goleiros: Nane ou Piriquito?
Tudo indica que o técnico Inácio vai escalar o goleiro Nane que atuou em todos os jogos da fase classificatória e na semifinal.

Foto: Lucas Sacarol
Laterais: Caxias, Conitcho, Samu, Tatto e Rudi
Na lateral direita, o capitão da equipe Samu vai para o jogo. Conitcho é boa alternativa para a segunda etapa. Na lateral esquerda, o técnico Inácio tem a experiência de Tatto, ou a juventude de Caxias. Os dois são peças chaves do técnico. Rudi lesionado, dificilmente jogará.

Zagueiros: Mutim, Eder Mascarello, Eduardo e Colli.
Com atuações seguras nas semifinais, Mutim deve atuar. Seu companheiro é um mistério. Eder formou a dupla de zaga menos vazada na equipe do Duque de Caxias na categoria Suplente. Eduardo era titular absoluto nos jogos classificatórios e Colli conhece todos os atalhos do campo pela sua experiência, alguém arisca?

Volantes: Tabaco, Loco Abreu e Jones.
Com o experiente Jones lesionado, não resta alternativa para o técnico Inácio. A dupla de volantes será formada por Tabaco e pelo polivalente Loco Abreu.

Meias de Criação: Roger, Duda, Joel Dalla Valle e Tabakin.
Com a formação de três meias de ligação. Roger, artilheiro da competição, Joel com boa marcação e velocidade e Duda com bom domínio de bola e passes precisos, devem compor o meio. Tabakin vem se destacando e também é boa alternativa para o segundo tempo.

Foto: Divulgação
Atacantes: Léo Sonda, Miro, Saca e Jackís.
Com um atacante, Léo Sonda será o responsável para balançar a rede adversária. Miro, Saca e Jackís, são prováveis alternativas para o 2º tempo.

Provável escalação (4-5-1):
Nane; Samu, Mutim, (????), Tatto(Caxias); Tabaco, Loco Abreu, Roger, Duda, Joel; Léo.

Olho nele:
Roger: É a destaque do time. É o goleador da competição com 12 gols. Com suas cobranças de faltas precisas e um toque de bola refinado, será uma preocupação para a equipe adversária.


ESPORTE CLUBE PLANALTO

Campanha
A equipe do Planalto chega a final com 5 vitórias, 2 empates e duas derrotas, uma delas diante do adversário da final. O ataque marcou 13 gols e a segunda melhor defesa do campeonato levou apenas 8 gols.

Quem deve jogar?
Foto: Divulgação
O técnico Olinto Pegorraro não deve ter dormido muito bem durante esta semana para escalar a equipe do Planalto para o jogo da grande final. Olinto não poderá contar com Rica e Gabri Martello expulsos no 2º jogo da semifinal, Guto e Ricardone comprem suspensão pelo 3º cartão amarelo, além dos reservas Plínio Bisinella e Pedro Pegoraro que foram suspensos por um ano pelos incidentes do jogo de ida da semifinal. E por fim, o técnico Olinto Pegoraro que não poderá comandar a equipe da casamata por ter sido expulso no último domingo.

Retornos:
A equipe do Planalto terá o retorno do lateral Cesar Ulian que sofreu uma lesão no ombro no jogo de ida da semifinal. Quem retorna de suspensão é o meia Guilherme Gelain que na final será improvisado como volante.

Quem deve começar a partida
Goleiro: mesmo com boa atuação de Cesar durante a 1ª fase, quem deve iniciar a decisão é Taguá que defendeu uma penalidade na decisão contra o Ferroviário.

Zagueiros: o capitão André Ulian e Guilherme Pegoraro

Laterais: Cesar Ulian que volta de contusão assume a lateral direita. Leo deve ser deslocado para a lateral esquerda

Foto: Maicon Pan
Volantes: Luiz que jogou na lateral esquerda no último jogo deve assumir a vaga de Ricardone. Guilherme Gelain que volta de suspensão atuará como volante.

Meias: Rafinha Pegoraro é titular. É provável que Felipe Mascarello atue como meia por ter facilidade de chegar no ataque.

Atacantes: o jovem Douglas e Rafael Martello terão a tarefa de marcar os gols da equipe do Travessão Bonito.

Time Provável (4-4-2)
Ronaldo, Cesar, Guilherme Pegoraro, André, Leo, Luiz, Guilherme Gelain, Rafinha, Felipe, Douglas e Rafael Martello.

Olho nele: Felipe Mascarello, o Dibo: Apesar de ter estreado apenas na última rodada da 1ª fase diante do Cerro Largo, mostrou que faz muita falta para a equipe. Prata da casa, Mascarello tem habilidade, drible curto e um chute forte de longa distância. Foi assim que Dibo abriu o placar diante do Ferroviário no último domingo. É a peça de desafogo que sabe prender a bola no ataque até que a equipe se aproxima para atacar.

Por: Equipe Piccolo Esportivo

Black Killers vence no futsal infantil

Na abertura do campeonato municipal de futsal categoria infantil, a equipe do Black Killers/Pousada Del Miro venceu a equipe do Santo Antônio pelo placar de 5 x 1.

Foto: Maicon Pan
De acordo com o regulamento da competição, as duas equipes se enfrentam na melhor de três jogos. A equipe que somar o maior número de pontos conquista o título desta categoria.

Na próxima quarta-feira, dia 30, as duas equipes se enfrentam pela 2ª vez. Caso uma equipe vença dois jogos será automaticamente campeã.

Por: Maicon Pan

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Biografia do Homenageado

Filho de Maria Bernardi e Pietro Rossi, Ângelo Rossi nasceu no Travessão Curuzu no dia 26 de março de 1896. Aos 22 anos casou-se com Maria Giacometti, e do matrimônio nasceram as filhas Natalina, Ermelinda, Cecília, Sabina, Maria e Assunta.

Foto: Maicon Pan
Depois de ficar viúvo, em 1932, casou-se com Assunta Valpes, sendo que da segunda união nasceram Inês, Saliche, Henrique, João, Agustinho, Angelina e Severina. Com uma família de 13 filhos, Ângelo viveu na simplicidade e lutou para superar as dificuldades.

Ângelo faleceu no dia 23 de novembro de 1964, aos 68 anos de idade. Pela sua destacada vida na sociedade paduense, os familiares e amigos prestam a homenagem denominando o 19º Campeonato Municipal de Nova Pádua de Taça Ângelo Rossi.

Por: Maicon Pan

Handebol define confrontos da semifinal

Os jogos da última rodada da fase de classificação do handebol feminino definiram os confrontos da semifinal. No primeiro jogo da noite, a equipe do Sul’ Monte venceu a equipe do Base I pelo placar de 5 x 3 e assumiu a liderança da competição.

Com apenas seis jogadoras em quadra, a equipe do Golden não suportou a pressão do São José e perdeu por 11 x 7. Com a derrota, a equipe do Golden caiu da 2ª para a 4ª colocação da tabela.

Foto: Maicon Pan
O confronto direto foi o critério que definiu os dois confrontos da semifinal. Sul’ Monte e Base I terminaram a 1ª fase com 6 pontos. Por ter vencido o confronto entre as duas equipes, o Sul’ Monte terminou na 1ª colocação e a equipe do Base I ficou em 2º.

São José e Golden terminaram a 1ª fase com 3 pontos ganhos. Mais uma vez o critério de desempate definiu o São José na 3ª colocação por ter vencido o confronto direto contra o Golden.

Confrontos da Semifinal
Vinhos Sul’ Monte x Golden/Boscato Vinhos Finos
Base I/Vinhos do Vale x São José

Por: Maicon Pan

Gudplei vence a primeira no futsal mirim

Na noite de ontem, a equipe do Gudplei se recuperou da derrota para o Paredes e goleou a equipe do Barra pelo placar de 13 x 1.

Foto: Maicon Pan
Com a vitória o Gudplei marca os seus primeiros 3 pontos e hoje estaria classificado para fazer a final da competição.

Na próxima segunda-feira começa o returno do Futsal Mirim. No 1º jogo da noite, o Paredes enfrenta a equipe do Barra. Na quarta-feira, dia 30, o Gudplei enfrenta o Paredes para definir os finalistas da competição.

Por: Maicon Pan

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Nova Pádua está fora do Integração

No último sábado, dia 20 de novembro, as três equipes paduenses foram eliminadas do Campeonato Integração de Bochas. Jogando em casa, a equipe do Curuzu precisava reverter o placar de 5 x 1 sofrido no 1º jogo diante do Nova Veneza. A equipe venceu a 1ª e a 2ª partida, dando a impressão que o resultado de 6 x 0 seria alcançado. A equipe do Travessão Alfredo Chaves venceu a 3ª e a 4ª partida, adiando o sonho da atual campeã de conquistar o bicampeonato.

Foto: Antônio Coloda
Nos mais diferentes esportes, os atletas questionam se é melhor jogar a primeira partida em casa ou como visitante. Na bocha não é diferente. A rodada de sábado deixou bem claro que não adianta decidir em casa se a equipe não consegue um bom resultado longe de seus domínios.

Com a derrota por 5 x 1 sofrida na comunidade de São Paulino, a equipe do Paredes também tinha uma tarefa indigesta. O empate em 2 x 2 eliminou o Paredes que buscava o título inédito da categoria.

A esperança de Nova Pádua estava depositada na equipe do Accioli, Jogando em casa, a equipe paduense havia vencido o Morro do Sabiá por 5 x 1. No jogo de volta, o Accioli precisava vencer duas partidas para seguir adiante na competição. No último sábado, a equipe florense devolveu o placar de 5 x 1 e conquistou a vaga para a próxima fase na soma dos pontos.

Mesmo com a eliminação das equipes de Nova Pádua, o município continuará sendo representado pelos atletas Amarildo Tonello, Ivanir Menegat, Lourenço Tonello e Olir Menegat da comunidade do Travessão Divisa e que neste campeonato atuam pela equipe do Morro do Sabiá.

Por: Maicon Pan

Base I dispara na liderança do handebol

Na noite de ontem, a equipe do Base I conquistou a 2ª vitória consecutiva no handebol feminino de Nova Pádua. Num jogo equilibrado, a equipe comandado pelo técnico Ronaldo Boniatti venceu a equipe do São José pelo placar apertado de 6 x 5 e agora lidera a competição de forma isolada.

Foto: Maicon Pan
No outro jogo da noite, a equipe do Golden conquistou a sua primeira vitória na competição. Com a vitória de 6 x 2 diante da equipe do Sul’ Monte a equipe dos técnicos Ricardo Martello e Everton Pirolli assume a 2ª colocação na tabela de classificação.

Amanhã, dia 24, acontece a última rodada da fase de classificação. A equipe do Base I enfrenta o Sul’ Monte. No outro confronto o Golden enfrenta a equipe do São José. Os jogos decidem os confrontos das semifinais.

Por: Maicon Pan

Paredes abre vantagem no futsal mirin

Na segunda rodada do futsal mirin, a equipe do Paredes venceu o Gudplei pelo placar de 3 x 2. Com a vitória, o Paredes chegou aos 6 pontos enquanto que os dois adversários ainda não somaram pontos na competição.

Foto: Maicon Pan
Na próxima rodada que acontece amanhã dia 24 de novembro, a equipe do Gudplei/Dom Camilo/Naja enfrenta o Barra em busca da 1ª vitória. O líder Paredes folga na rodada.

De acordo com o regulamento, disputam o título as duas equipes melhores colocadas na 1ª fase.

Por: Maicon Pan

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Leonel e São José na final da 2ª divisão

No último domingo, no Travessão Accioli, a equipe da casa voltou a vencer o Santo Antônio. Depois da vitória de 3 x 0 no jogo de ida, o São José venceu pelo placar de 7 x 1. O placar foi construído com gols de Mateus, Jedi (2), Eduardo, Polaco (2) e Diogo. Guilherme descontou para a equipe do Travessão Paredes.

Foto/Arquivo: Maicon Pan
No Estádio Dei Monti, no Travessão Leonel, o time da casa repetiu o placar do 1º jogo e venceu por 2 x 1 a equipe do Curuzu. Com a vitória, o Leonel se credenciou a disputar a final da 2ª divisão contra o São José. Odirlei e Clademir marcaram para o Leonel enquanto que o artilheiro Renato Salvador descontou para os visitantes.

Na última rodada da 1ª fase as duas equipes se enfrentaram no jogo que foi realizado no Travessão Leonel. Naquela oportunidade, o São José venceu por 2 x 1 e ficou a um ponto da classificação para a 1ª divisão.

Por: Maicon Pan

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Paduense e Planalto decidem o título

Com o placar de 4 x 0 no primeiro jogo da semifinal, o Paduense praticamente havia assegurado a sua vaga na final. Na tarde de ontem, as duas equipes fizeram um jogo muito sonolento. Numa boa troca de passes, o atacante Douglas Balardin chutou da entrada da área abrindo o placar para o Cerro Largo.
 
Foto/Arquivo: Maicon Pan
Logo no início da segunda etapa, o Paduense chegou ao empate com Caxias. Aos 25 minutos da etapa final, o goleador Roger Boniatti marcou o seu 12º no campeonato e virou o jogo para o Paduense. Na soma dos dois jogos, o time da sede venceu pelo placar de 6 x 1.

No próximo sábado, o Paduense decide a sexta final consecutiva contra o surpreendente Planalto que venceu o Ferroviário na semifinal.

Foto: Maicon Pan

domingo, 20 de novembro de 2011

Planalto conquista vaga na final

Depois da derrota de 2 x 1 em casa no primeiro jogo da semifinal, nem o mais apaixonado torcedor do planalto acreditava na classificação para a final da 1ª divisão. No jogo desta tarde, no Travessão Curuzu, as equipes fizeram um jogo nervoso e muito disputado.

No inicio de jogo, um lance que preocupou atletas e torcedores. Numa disputa de bola, Ricardone acertou a cabeça do atacante Josu do Ferroviário que teve que deixar o campo carregado pelos colegas de equipe.

Foto: Maicon Pan
Numa bela jogada pela ponta esquerda, Douglas lançou Fepile Mascarello que da entrada da grande área acertou um belo chute no canto direito do goleiro Jair. No final da 1ª etapa o Ferroviário chegou ao empate. O atacante Fábio Menegolla cobrou falta da esquerda do ataque e acertou o ângulo esquerdo do goleiro Ronaldo Boniatti.

No segundo tempo, o Ferroviário pressionou mais e a equipe do Planalto jogava nos contra-ataques com a rapidez de Douglas e Felipe. Ronaldo salvou a equipe visitante em duas oportunidades. Quando o cronômetro se aproximava dos trinta minutos, Luiz Panizzon marcou de cabeça para comemoração da torcida amarela.

Antes do final da partida, o juiz da partida expulsou Joel Luza do Ferroviário e os irmãos Ricardo e Gabriel Martello da equipe do Planalto. Com o mesmo resultado do jogo do jogo de ida, a decisão da vaga foi decidida nos pênaltis.

Foto: Maicon Pan
Nas penalidades máximas, a equipe campeã da 2ª divisão de 2010 venceu por 3 x 0. Pelo planalto marcaram Felipe, Douglas e Guto. Do lado do Ferroviário, desperdiçaram a cobrança o goleador Fábio Menegolla que acertou a trave, o volante André Debon parou nas mãos do goleiro Ronaldo e o lateral Paquinha que também acertou a trave.

O técnico Olinto Pegoraro destacou a vitória da equipe. “A nossa equipe não era favorita. Mesmo com um jogador a menos no primeiro jogo da semifinal perdemos pelo placar mínimo e chegamos vivos para o jogo de hoje”.

Questionado se o Planalto tem condições de surpreender o Paduense na grande final, Olinto adiantou que a equipe terá vários desfalques para a final. “O Planalto vai como franco atirador”, finalizou o técnico na saída do gramado.

Resultados 1ª Divisão
Paduense 2 x 1 Cerro Largo (4 x 0)

Resultados 2ª Divisão
Leonel 2 x 1 Curuzu (2 x 1)
São José 7 x 1 Santo Antônio (3 x 0)

Por: Maicon Pan

sábado, 19 de novembro de 2011

Destaques do certame de Flores da Cunha

No total, 18 jogadores paduenses participaram do campeonato de Flores da Cunha categoria suplente e principal. Destaque para Tiago Sonda, Samoel Pauletti e Cristian Menegat que conquistaram o título da categoria Suplente pela equipe do Duque de Caxias da Liinha 60.

Na categoria principal, destaque para o paduense Willian Menegat (Piriquito), que levou o troféu de goleiro menos vazado. Em 10 jogos pela equipe do Duque de Caxias, Willian levou apenas 7 gols, uma média de 0,7 por jogo. Mesmo com o vice-campeonato, Piriquito foi um dos destaques da equipe da Linha 60.

Piccolo Esportivo: Porque você escolheu ser goleiro?
William Menegat: Cada pessoa nasce com um dom. Quando era pequeno queria ser atacante e marcar muitos gols. Infelizmente não deu muito certo e então comecei a atuar como goleiro e evitar os gols dos adversários.

Foto: Antônio Coloda
Piccolo Esportivo: Você foi um dos destaques do vice-campeonato da equipe do Duque de Caxias. O que faltou para conquistar o Bi?
William Menegat: A equipe do Duque desse ano foi o melhor time que eu já atuei. O time tinha muita qualidade. Chegamos à final de forma invicta, mas não conseguimos levar o Bicampeonato para a comunidade da Linha 60. O time não rendeu o que rendeu durante todo campeonato. O time sentiu o desfalque do Polaco (suspenso) e do Maikel (lesionado). Com estas opções, talvez o resultado da final poderia ter sido diferente.

Piccolo Esportivo: Quantos títulos de goleiro menos vazado você já ganhou no futebol?
William Menegat: Campeonato de Juniores de Flores da Cunha em 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010. Campeonato de Juniores de Nova Pádua em 2010. Campeonato Municipal de Campo de Nova Pádua em 2006 e 2008. Campeonato Municipal de Campo de Flores da Cunha em 2011 e Copa dos Campeões de Nova Pádua em 2009.

Piccolo Esportivo: Por quais equipes de futebol você já atuou?
William Menegat: Em Nova Pádua joguei no Paduense e na S.E.R Paredes. Em Flores da Cunha atuei no Guarani, Rosário, Rui Barbosa, Independente, Otávio Rocha, Atlético e Duque de Caxias

Piccolo Esportivo: Como você resume o ano de 2011 no futebol?
William Menegat: Não foi um ano vitorioso. Nos três campeonatos que disputei fui vice-campeão. Tenho certeza que o ano de 2012 será melhor.

Por: Cristian Menegat e Maicon Pan

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Base I estréia com goleada

Na primeira rodada do handebol feminino, a equipe da Base I, atual campeã, estreou com vitória sobre o Golden pelo placar de 16 x 7. Com o desfalque da goleira Simone, o Golden teve que improvisar a atleta Julia Menegat. Com praticamente o mesmo grupo do ano passado a equipe da Base I venceu com alguma facilidade.  

Foto: Maicon Pan
No outro jogo da noite, o placar foi mais equilibrado. A equipe do Sul’ Monte venceu o São José pelo placar de 7 x 3. Na próxima terça-feira, o Golden/Boscato Vinhos Finos busca a reabilitação diante da equipe Vinhos Sul’ Monte e o São José busca a primeira vitória diante do Base I/Vinhos do Vale.  

Conforme o regulamento do handebol feminino, as quatro equipes se enfrentam em turno único. Nas semifinais, haverá cruzamento entre 1 x 4 e 2 x 3 quando serão conhecidas as equipes finalistas.

Por: Maicon Pan

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Goleada na abertura do futsal mirin

Na estréia do campeonato municipal de futsal categoria mirin, a equipe do Paredes goleou a equipe do Barra pelo placar de 16 x 0.

Foto: Maicon Pan
Na próxima terça-feira, dia 22, o Paredes busca a 2ª vitória consecutiva contra a equipe do Gudplei que faz a sua estréia na competição.

No futsal categoria mirin, as três equipes se enfrentam em turno e returno, classificando-se para a final os dois primeiros colocados.

Por: Maicon Pan

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Accioli vence, Curuzu e Paredes perdem

Jogando em seus domínios, a equipe do Travessão Acciolli venceu a equipe florense do Morro do Sabiá por 5 x 1. No próximo sábado a equipe de Nova Pádua precisa vencer duas partidas para conseguir a classificação.

Foto: Antônio Coloda
Jogando no Travessão Alfredo Chaves, a equipe do Curuzu perdeu por 5 x 1. Por ter perdido duas partidas de 24 x 0, a equipe paduense precisa vencer cinco partidas e abrir uma grande diferença de pontos ou então vencer o jogo pelo placar de 6 x 0.

Outra equipe que não se deu bem jogando fora de casa foi o Paredes. Na comunidade de São Paulino, a equipe paduense também perdeu por 5 x 1. Como já aconteceu neste campeonato, o Paredes precisa reverter a vantagem do adversário jogando em casa. Se vencer cinco partidas a vaga na próxima fase será decidida na soma dos pontos.

Para não correr riscos, o interessante seria vencer as seis partidas e aguardar o sorteio da próxima fase do campeonato de integração de Nova Pádua e Flores da Cunha.

Por: Maicon Pan

Na segundona, São José e Leonel vencem

Na semifinal da 2ª divisão, melhor para as equipes do São José e Leonel que venceram seus adversários e levam vantagem para o segundo jogo da semifinal. No Travessão Accioli, o São José venceu o Santo Antônio pelo placar de 3 x 0. Eduardo Grazziotin, Eduardo Fantin e Polaco marcaram para o time da casa.

No Travessão Curuzu, a equipe do Leonel venceu o Curuzu pelo placar de 2 x 1. Com dois gols do artilheiro Jonas Motta, a equipe do Leonel deu um passo importante para disputar a final da 2ª divisão. Renato Salvador, artilheiro do Curuzu na competição, marcou para a equipe da casa.

Foto/Arquivo: Maicon Pan  
No jogo de volta, a equipe do Santo Antônio, que joga novamente na casa do adversário, precisa reverter o placar. Se vencer por três gols de diferença, a decisão será nos pênaltis. Já o São José pode perder por até dois gols de diferença que estará na final.

No outro jogo da semifinal da 2ª divisão, o Leonel recebe o Curuzu e joga por um empate para chegar à final. Já o Curuzu precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Caso vença por dois ou mais gols de diferença se credencia a disputar a final da segundona.

Por: Maicon Pan

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Paduense goleia e fica perto da final

Além da vitória do Ferroviário sobre o Planalto por 2 x 1, mais três jogos movimentara as semifinais do campeonato de Nova Pádua. Jogando fora de casa, o Paduense goleou o Cerro Largo por 4 x 0. Uma vitória elástica sobre a única equipe que não havia perdido pontos em casa.

No inicio da partida, a equipe da casa começou sufocando, com boas escapadas do centroavante Douglas Vezzaro. Aos 18 minutos aconteceu o lance capital do jogo. Numa cobrança de escanteio, o zagueiro do Paduense Eduardo Perondi afastou a bola quando foi chutado pelo volante Leonardo Morandi. Sem condiçoes de continuar no jogo, Eduardo foi substituido por Colli.

Foto/Arquivo: Maicon Pan
Com a expulsão do volante Leonardo, a equipe da casa desestabilizou e deixou espaços para o Paduense. Aos 32 minutos de jogo, Marcos Tatto abriu o placar num chute cruzado de fora da área. No final do 1º tempo, a equipe do Cerro Largo desperdiçou uma chance clara de igualar o placar. Cobrando falta, André Morandi acertou o pé da trave e no rebote Douglas, cara a cara com o goleiro Nane, chutou por cima.

Na segunda etapa só deu Paduense. Logo aos 12 minutos, Duda aproveitou a falha do zagueiro e capitão Jair e ampliou. Aos 23 minutos, Caxias marcou 3º de cabeça. Aos 36min, Léo Sonda completou o cruzamento e fechou a goleada em 4 x 0.

O jogo de volta será em Nova Pádua, às 16h30min. O Paduense pode perder de 3 gols de diferença, que garante a vaga na sexta final consecutiva. Já o Cerro Largo precisa vencer pela diferença de 5 gols. Em caso de 4 gols de diferença, a decisão da vaga para a final será nos pênaltis.

Por: Giovani Fabian e Maicon Pan

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Árbitro relata agressão em súmula

Depois da suspensão de Marcos Tatto e Tiago Sonda, conforme a sumula do jogo entre Ferroviário e Planalto quem ficará fora das competições promovidas pelo município serão os atletas Plínio Bisinella e Pedro Pegoraro.

Foto: Maicon Pan
Por volta dos 40 minutos do 1º tempo, o árbitro da partida marcou uma falta técnica e mostrou cartão amarelo para o atleta Cesar Ulian. No mesmo lance, o juiz da partida mostrou cartão amarelo para Ricardone. Se não bastasse, o árbitro Sebastião Morais mostrou o 3º amarelo e na sequência o vermelho para o meio campista Guilherme Gelain.

Neste momento os jogadores reservas e integrantes da comissão técnica do Planalto invadiram o campo e cercaram o trio de arbitragem. Plínio Bisinella e Pedro Pegoraro também estavam no bolo. Depois de quase 20 minutos de paralisação, os dois atletas saíram de campo afirmando que haviam sido expulsos pelo árbitro.

Na sumula do jogo, o arbitro relatou: “os atletas Plínio e Pedro foram expulsos por invadirem o gramado e agredirem o árbitro a chutes e empurrões”.

Foto: Maicon Pan
A Secretária de Esportes Vivia Fabian Copelli afirma que o regulamento será cumprido. De acordo com o artigo 41º, a pena por agressão física contra arbitragem, mesários, e membros do D.C.E.L relatada em sumula é de 365 dias.

“Da mesma forma que os atletas Tiago Sonda e Marcos Tatto foram suspensos, os atletas do Planalto também terão que cumprir a suspensão por agressão”, resumiu Vivia.

Por: Maicon Pan

Ferroviário larga em vantagem

Nos primeiros minutos, o jogo foi bastante estudado e as equipes errando muitos passes. Aos poucos a equipe do Travessão Curuzu foi tomando conta do jogo e pressionando o time da casa. A primeira grande chance foi do Planalto num belíssimo chute do atacante Rafael Pegoraro que obrigou o goleiro Jair a fazer uma grande defesa.

Aos 35 minutos, Fábio Menegola, umas das surpresas do técnico Marcos Pivotto, abriu um placar para a equipe visitante. De acordo com a sumula do jogo, o gol foi anotado para Kiko. Chama a atenção que o camisa 8 do Ferroviário cobrou o escanteio que resultou no gol da equipe visitante. Quando o Ferroviário ainda comemorava, aos 38 minutos, o Planalto chegou ao empate num belo cabeceio de Rafael Pegoraro.

Foto: Maicon Pan 
No lance seguinte o arbitro da partida Sebastião Morais marcou uma falta técnica de um atleta da equipe do Planalto. No bolo de jogadores, o árbitro apresentou o 1º cartão amarelo. Os jogadores do Planalto cercaram o árbitro que mostrou mais um cartão amarelo. Na confusão o juiz da partida mostrou o 3º amarelo e em seguida um cartão vermelho.

Neste momento os jogadores reservas e os integrantes da comissão técnica do Planalto invadiram o campo e cercaram o trio de arbitragem. O jogo ficou parado por cerca de 20 minutos.

Até então a torcida e jogadores das duas equipes não sabiam para quem o juiz havia mostrado os cartões amarelos e que atleta ele havia expulsado. Quando os jogadores saiam de campo para o recomeço da partida, Plínio Bisinella e Pedro Pegoraro que estavam na reserva deixaram o campo expulsos. Na confusão, Guilherme Gelain levou o 2º amarelo e por conseqüência o vermelho.

Foto: Maicon Pan
Com um jogador a mais, o Ferroviário começou a 2ª etapa pressionando, enquanto que a equipe da casa se defendia e jogava nos contra ataques. Cesar Miozzo mais uma vez teve uma atuação segura. A pressão era muito forte e aos 27 minutos, Fábio desempatou em mais um gol de cabeça. Com dores na virilha esquerda, o artilheiro da tarde foi substituído e muito aplaudido pela torcida e pelos companheiros.

Do outro lado, com poucas opções no banco de reservas, Olinto Pegoraro tirou o atacante Douglas e colocou Ronaldo Boniatti no ataque. Nos poucos minutos que esteve em campo, o até então goleiro teve uma chance clara para empatar a partida.

No próximo domingo, mesmo desfalcada, a equipe do Planalto precisa vencer por um gol de diferença para decidir a classificação nas cobranças de penaltis. Se vencer por dois gols de diferença no tempo normal, a equipe do Planalto garante vaga na grande final da 1ª divisão.

Resultados do 1º jogo da Semifinal:
Cerro Largo 0 x 4 Paduense
São José 3 x 0 Santo Antônio
Curuzu 1 x 2 Leonel

Por: Maicon Pan

Esperança é campeã em Flores da Cunha

No sábado, 12 de novembro, a equipe do Esperança conquistou o título inédito da categoria principal de Flores da Cunha de forma invicta. Na final realizada no Estádio Homero Soldatelli, a equipe de Mato Perso derrotou o Duque de Caxias por 1 x 0, com gol de João Paulo, anotado aos 34 minutos do segundo tempo.

Foto: Antônio Coloda
Na noite de sexta-feira, 11 de novembro, a equipe do Duque de Caxias conquistou o título municipal da Categoria Suplentes. Também de forma invicta, a equipe da Linha 60 venceu o Cruzeiro nos pênaltis, por 4 x 3, após empate em 0 x 0 no tempo normal.

Na equipe campeã do Duque de Caxias, fazem parte do elenco os paduenses Samoel Pauletti, Tiago Sonda e Cristian Menegat. Na equipe principal do Duque de Caxias, que ficou com o vice-campeonato, atua o goleiro Wilian Menegat.

Por: Maicon Pan

sábado, 12 de novembro de 2011

Quem vai levar a melhor: Prefeito ou Vice?

Depois da paralização para as missões, a bola volta a rolar nos gramados paduenses. No jogo entre Planalto e Ferroviário destaque para o duelo entre Itamar Bernardi e Ronaldo Boniatti, prefeito e vice. Se fora dos gramados os dois tem uma boa relação, dentro de campo os dois vão defender a sua equipe.

Foto/Montagem: Maicon Pan
Com muita experiência, Kiko é um dos destaques da equipe do Ferroviário ao lado de Dudu e do atacante Josu. Com um toque de bola refinado, Kiko tem a responsabilidade de dar dinâmica a equipe do Travessão Curuzu.

Por outro lado, o goleiro Ronaldo Boniatti não tem a escalação garantida na 1ª partida da semifinal. Ronaldo fez apenas um jogo no campeonato na estréia em 0 x 0 contra o próprio Ferroviário.

Nos seis jogos restantes da fase de classificação, Ronaldo desfalcou a equipe por ter atuado pelo Rui Barbosa de Flores da Cunha e o reserva Cesar Miozzo assumiu a titularidade e não comprometeu. O técnico Olinto Pegoraro confirma a escalação do Planalto momentos antes da partida.

Itamar e Ronaldo disputam uma vaga na final da 1ª divisão. Independente do resultado, os dois se encontram na segunda-feira para continuar conduzindo os rumos do município de Nova Pádua.

Por: Maicon Pan

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Futsal e handebol iniciam na próxima semana

Na reunião realizada na noite da última terça-feira, dia 08 de novembro, foram decididos os últimos detalhes para o início dos campeonatos de futsal categoria infantil e mirin, além do handebol feminino.

Com início marcado para o dia 16 de novembro, quarta-feira, 4 equipes disputam o título do handebol feminino. Na estréia da competição, a atual campeã Base I enfrenta a equipe do Golden. Na outro jogo da noite, a equipe do São José enfrenta a equipe do Vinhos Sul’ Monte.

Foto: Vivia Fabian Copelli
O futsal categoria infantil, que tem apenas duas equipes inscritas, inicia apenas no dia 24 de novembro, na 3ª noite de jogos. A única certeza é que o título será disputado entres as equipes do Santo Antônio e do Black Killers/Pousada Del Miro.

Na categoria mirin, as equipes do Gudplei/Dom Camilo/Naja, Paredes e Barra iniciam a busca pelo titulo que pode marcar a primeira conquista da maioria dos atletas. Paredes e Barra se enfrentam na estréia da competição.

A final dos três certames está marcada para o dia 02 de dezembro, sexta-feira, no ginásio de esportes do município. Os jogos iniciam sempre a partir das 20:00 horas.

Futsal Mirim
Paredes
Barra
Gudplei/Dom Camilo/Naja

Futsal Infantil
Santo Antônio
Black Killers/Pousada Del Miro

Handebol Feminino
São José
Vinhos Sul’ Monte
Base I/Vinhos do Vale
Golden/Boscato Vinhos Finos

Por: Maicon Pan e Vivia Fabian Copelli

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Buscando seu espaço

O papo de profissional desta semana traz uma entrevista com o juventudista Fabrício Lusa. Há doze anos atuando nas categorias de base da equipe alviverde, Fabrício pretende agarrar com unhas e dentes as oportunidades que surgirem na próxima temporada. Acompanhe na íntegra a entrevista do volante Fabrício.

Piccolo Esportivo: Desde que idade você joga no Juventude?
Fabrício: Desde os 12 anos de idade.

Foto: Divulgação
Piccolo Esportivo: Qual teu maior objetivo na carreira?
Fabrício: Conseguir realizar todos os meus sonhos e se for possível ser um profissional bem sucedido

Piccolo Esportivo: Alguma pessoa especial que te marcou na tua trajetória dentro do futebol?
Fabrício: O coordenador da escolinha do Juventude Jonas, que me dá muitos conselhos e meu pai que sempre quer o meu melhor, me apóia e incentiva todos os dias.

Piccolo Esportivo: Em que jogador se espelha?
Fabrício: Tento me espelhar no volante Gilberto Silva do Grêmio e no Renato que atua na equipe do Botafogo.

Foto: Divulgação
Piccolo Esportivo: Teu pai é natural de Nova Pádua. Que lembrança tem da cidade?
Fabrício: É uma cidade muito bonita. Os paduenses são pessoas com espírito acolhedor e hospitaleiro. É uma cidade boa para se morar.

Piccolo Esportivo: Tudo indica que 2012 será o seu ano. Qual o objetivo do Fabrício para a próxima temporada?
Fabrício: Espero aproveitar as oportunidades no gauchão do próximo ano. Quero dar o meu máximo e ajudar o E. C. Juventude a conquistar uma vaga para a Série C.

Por: Cristian Menegat e Maicon Pan

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Após as missões, semifinais prometem paz

Foram quinze dias de muita oração e gestos de paz entre amigos e adversários de times. No próximo domingo as equipes entram em campo para o 1º jogo da semifinal. Em suas comunidades, os jogadores participaram das missões e pelo que parece o clima será mais calmo nos confrontos que prometem muito equilíbrio.

Foto: Cátia Tonello
Alguns atletas afirmam que os árbitros não precisarão levar o cartão amarelo e muito menos e vermelho uma vez que o momento é de tamanha tranquilidade que nenhum jogador será advertido.

Além dos jogos que decidem os finalistas do campeonato, existe a amizade entre os jogadores e as comissões técnicas das equipes adversárias.

Dentro de campo existe a rivalidade, mas fora das quatro linhas existe uma amizade e um clima de paz que vai muito além de um jogo de futebol. Todos torcem para que sejam bons jogos e boa técnica.

Por: Maicon Pan

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Curuzu e Accioli voltam na repescagem

Depois da eliminação na 2ª rodada do Campeonato de Integração de Bochas, as equipes do Curuzu e Accioli continuam na competição. Na reunião realizada na segunda-feira em Flores da Cunha, as duas equipes de Nova Pádua foram sorteadas na repescagem. O sorteio que definiu os confrontos das quartas de final do certame foi realizado no Estádio Homero Soldatelli.

Foto: Antônio Coloda
Por conta da repescagem, três equipes de Nova Pádua continuam na disputa das quatro que iniciaram a competição. A equipe do Paredes já estava classificada para a próxima fase depois de ter despachado o São José na soma dos pontos depois de dois empates em 4 x 2.

A equipe do Santa Lúcia de Flores da Cunha foi a 3ª equipe beneficiada pela repescagem, uma vez que foi eliminada pelo Morro do Sábia no jogo isolado do último sábado. Os jogos de ida das quartas de final serão realizado no próximo dia 12 de novembro.

Quartas de Final – Dia 12 de Novembro

Jogos de Ida
Accioli x Morro do Sabiá
Nova Veneza x Curuzu
Santa Lúcia x São Cristóvão
São Paulo x Paredes

Por: Maicon Pan e Vivia Fabian Copelli