Agora...

00:00:00

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Craque da rodada

O craque da 2ª rodada foi o atacante Roger Boniatti, camisa 11 do Paduense e atual goleador da competição com 6 gols em 2 jogos. Nesta temporada, Roger voltou a defender o time da sede do município depois de algumas temporadas defendendo o Ferroviário. Com a média de três gols por partida, Roger vem fazendo um ótimo início de campeonato e contribuindo para a boa campanha do Paduense que divide a liderança com o São José. Acompanhe abaixo a entrevista.

Piccolo Esportivo: Qual a sensação de voltar a vestir a camisa do Paduense?
Roger: A sensação de estar vestindo a camisa do Paduense novamente é muito boa. Além de ser um time onde tenho muitos amigos, é uma equipe que briga por títulos e o time que iniciei a jogar futebol em Nova Pádua.

Piccolo Esportivo: Quantos títulos você conquistou vestindo a camisa do Paduense?
Roger: Conquistei três campeonatos municipais e duas Copas dos Campeões

Piccolo Esportivo: Qual o seu objetivo para 2011?
Roger: Meu objetivo é fazer um bom campeonato e ajudar meus companheiros na busca pelo titulo.

Piccolo Esportivo: Você tem uma meta de gols para o campeonato?
Foto: Roger Boniatti
Roger: Prefiro não estabelecer uma meta de gols, porque minha meta principal é vencer o campeonato. Tomara que os gols continuem saindo e que eu consiga dar muitas assistências.

Piccolo Esportivo: Qual é o segredo da bola parada?
Roger: Acredito que não há segredo, mas nas cobranças de falta o jogador deve ter uma boa leitura da distância, barreira e do goleiro para poder executar a cobrança com qualidade. Lembro-me que quando criança e adolescente treinava cobranças de falta em casa, sendo que a goleira era a porta da garagem e a barreira eram duas árvores. Apanhei muito de minha mãe por causa disso, mas acredito que isso me ajudou a bater bem na bola e ter noção do que a bola pode fazer se for bem chutada.

Piccolo Esportivo: Por que a escolha da camisa número 11? Tem alguma superstição?
Roger: Minha maior emoção no futebol (tirando as conquistas do Internacional) foi ver o Brasil ser tetracampeão mundial em 1994, aonde um baixinho com a camisa número 11 jogou muito. Depois daquele dia passei a usar a camisa número 11, em homenagem ao Romário.

Piccolo Esportivo: Você já havia marcado quatro gols em uma única partida?
Roger: Sim. Marquei defendendo o Independente (juniores), pelo Cruzeiro (juniores), no Ferroviário (no campeonato municipal) e agora pelo Paduense.

Piccolo Esportivo: Em que jogador você se espelha?
Roger: Meus principais ídolos no futebol são Romário, Taffarel, Zidane e Fernandão.

Piccolo Esportivo: Que recado você deixa para a torcida do Paduense?
Roger: Meu recado é que a torcida continue comparecendo nos jogos para apoiar o time e saibam que faremos o melhor para que o Paduense possa sair campeão.

Por: Cristian Menegat

2 comentários:

  1. Muito boa!
    Estamos de Parabéns... em especial para o Cris que teve esta ótima ideia!

    Abraço

    E sucesso pra todos nos!

    ResponderExcluir