Agora...

00:00:00

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Craque da rodada

O craque da 4ª rodada é o zagueiro Isa, titular absoluto da equipe do Ferroviário. No domingo, marcou o gol da vitória no clássico contra a equipe do Paduense. Prestes a completar 40 anos de idade na próxima sexta-feira, Isa já atuou em equipes profissionais como Brasil de Farroupilha e São José de Porto Alegre. Acompanhe a entrevista completa do capitão Isa Bernardi.  

Foto: Divulgação
Piccolo Esportivo: Quantos títulos você já conquistou na carreira?
Isa: Foram muitos títulos. Acredito que foram entre 30 e 40 títulos durante toda a carreira.

Piccolo Esportivo: Aos 40 anos, qual a sensação de marcar um gol em um jogo importante como o clássico de domingo?
Isa: O gol marcado contra o rival Paduense teve um sabor todo especial. Embora tenha começado no Paduense, já são 5 anos defendendo o Ferroviário. A gente conhece a rivalidade e quando tem a oportunidade de marcar é bem diferente.

Piccolo Esportivo: Como foi sua trajetória no futebol profissional?
Isa: Comecei no futebol em 1986 na categoria infanto juvenil. Na oportunidade o Paduense venceu o Cruzeiro pelo placar de 5 x 1 e conquistou o título da categoria. Depois joguei no município vizinho pelo Nova Roma do Sul. Sob o comando do técnico Benites, joguei pelo profissional do Brasil-FA nas temporadas de 90 e 91. Através do empresário Silvio Torres fui negociado com o São José POA. Tinha proposta para jogar no Uruguai, mas desisti da carreira porque minha família passava por dificuldades financeiras.

Piccolo Esportivo: Você encerra a carreira no final de 2011?
Isa: Se o Ferroviário conquistar o título municipal, encerro minha carreira no final deste ano. Depois pretendo continuar disputando o campeonato de veteranos e máster.

Piccolo Esportivo: Qual a sensação de ser considerado um dos melhores zagueiros de Nova Pádua e Flores da Cunha?
Isa: Em primeiro lugar fico lisonjeado. Hoje posso dizer que sou um atleta realizado por tudo o que aconteceu comigo. Sempre entro em campo com a cabeça tranqüila e sei que depois do jogo tenho minha família e o meu trabalho. 

Piccolo Esportivo: Um título inesquecível?
Isa: O meu primeiro título municipal com o Paduense em 1994.

Foto: Maicon Pan
(Isa com a braçadeira de capitão) 
Piccolo Esportivo: Qual a sua importância para um elenco jovem como o do Ferroviário?
Isa: A importância é de organizar a equipe dentro de campo e incentivar os jogadores mais jovens.

Piccolo Esportivo: É diferente jogar com o irmão Kiko na mesma equipe?
Isa: No ano passado jogamos contra. Esse ano temos o privilégio de defender a mesma equipe. É um espírito de família. Conversamos e trocamos idéias sobre questões do jogo.

Piccolo Esportivo: Depois de encerrar a carreira você pretende trabalhar no futebol?
Isa: Sim. Pretendo assumir uma função na diretoria do Ferroviário ou quem sabe a função de técnico. Sempre gostei de futebol e não me vejo longe deste esporte.

Piccolo Esportivo: Um recado para a torcida do Ferroviário.
Isa: No que depender de mim, do grupo de jogadores e da diretoria, a torcida pode acreditar na conquista do título.

Por: Maicon Pan

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Papo de Profissional

Nesta semana, o blog Piccolo Esportivo traz uma entrevista com uma das principais revelações do Juventude nos últimos anos. O lateral esquerdo Alex Telles, natural de Caxias do Sul, fala do ótimo início de 2011 e da lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, que o deixou de fora do restante da temporada. Alex, 19 anos, destaca o objetivo de conduzir o Juventude de volta a Série A do futebol brasileiro. Acompanhe a entrevista completa do atleta alviverde:

Piccolo Esportivo: Como você define o ano de 2011 na sua carreira?
Alex Telles: Com certeza ficará marcado. Foi um ano que me firmei no futebol profissional. Definiria como o ano chave, onde consegui mostrar o meu valor.

Foto: Jornal O Caxiense
Piccolo Esportivo: A categoria 92 do Juventude é uma das mais promissoras dos últimos anos. Você acredita que jovens como você, o Fabrício entre outros podem recolocar o Juventude na 1ª divisão?
Alex Telles: Afirmo isso com toda a certeza. Sei da qualidade de todos que subiram para o profissional e os que já estavam. Estes jovens têm a plena qualidade de reerguer o Juventude e recolocar este clube na Série A do futebol brasileiro

Piccolo Esportivo: Em que estágio está sua lesão? Quando volta aos gramados?
Alex Telles: Já estou na fase de recuperação. Tudo dentro do esperado. Volto aos gramados em janeiro para disputar o Campeonato Gaucho.

Piccolo Esportivo: Qual o maior sonho de Alex Telles?
Alex Telles: Primeiro sonho é subir o E. C. Juventude para a divisão principal. Depois quero ter uma grande carreira. Quem sabe jogar no exterior onde todo jogador sonha em chegar. E principalmente um sonho de ter Deus no coração e ver minha família feliz!

Piccolo Esportivo: Qual o maior objetivo como profissional?
Alex Telles: Meu objetivo é realizar todos os sonhos. Cumprir o dever que tenho pelo juventude e depois sim buscar algo a mais na minha carreira.

Foto: Porthus Junior
Piccolo Esportivo: Fortes rumores indicam que antes de se machucar, você havia sido sondado pelo Fluminense, isso procede?
Alex Telles: Sim, tinha uma sondagem do Clube das Laranjeiras, mas nada que tirasse o meu foco do Juventude. O que é pra ser será, mas agora meu objetivo é o Juventude.

Piccolo Esportivo: O que esperar do Alex para 2012?
Alex Telles: Esperar a mesma vontade e determinação de 2011. Muita garra e entrega ao Juventude, clube que me ajudou muito e que espero retribuir dentro de campo.

Piccolo Esportivo: Um recado para a Papada?
Alex Telles: Logo estarei de volta, lutando junto com vocês, porque o Juventude merece e vai voltar para onde deveria estar que é a Série A.

Por: Cristian Menegat e Maicon Pan

Disputa acirrada

Além do clássico entre Ferroviário e Paduense, que já foi destaque deste blog, a rodada teve outros jogos importantes. No Travessão Aciolli, São José e Planalto não saíram do 0 X 0. As chances foram criadas, mas os atacantes das duas equipes não estavam numa tarde muito inspirada.

Com o placar de 0 x 0, as duas equipes permanecem na zona de classificação da 1ª divisão. O planalto, único invicto da competição, ocupa a terceira colocação com 8 pontos ganhos. Já o São José ocupa a 4ª colocação com 7 pontos.

Foto: Maicon Pan
Na comunidade vizinha, no Cerro Largo, a equipe da casa emplacou a terceira vitória consecutiva. Num jogo sem muitas chances de gol o Cerro Largo venceu a equipe do Leonel por 2 x 0 com gols dos irmãos Gustavo Motterle, atleta mais jovem inscrito no campeonato e Vinicius da Silva.

Com a vitória o Cerro Largo chegou aos mesmos 9 pontos do Paduense mas perde no confronto direto (1º critério de desempate). Já o Leonel continua na 6ª colocação do campeonato com apenas três pontos.

Foto: Maicon Pan
O confronto entre Curuzu e Santo Antônio terminou empatado em 1 x 1. As duas equipes fizeram um jogo equilibrado sem muitas chances de gol. No primeiro tempo, num belo cruzamento do centroavante Claudir, Douglas dominou na pequena área e abriu o placar para o time da casa.

Logo no início da segunda etapa, numa jogada em que o lateral do Curuzu estava amarando a chuteira, Miguel Panizzon aproveitou o espaço vazio empatando para a equipe do Santo Antônio. Com o empate, as duas equipes permanecem em situação complicada na tabela de classificação.

Por: Maicon Pan e Renato Salvador

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Bonito e Nova Pádua perto da final

Na tarde de ontem, aconteceu a primeira partida da semifinal do Campeonato Municipal de Bochas. No Travessão Bonito, a equipe da casa venceu o Curuzu pelo placar de 3 x 1 e joga pelo empate no jogo de volta que acontece no Travessão Curuzu.

Foto: Divulgação
No Travessão Mutzel, a equipe do Nova Pádua conseguiu um importante empate e agora decide a classificação para a final em casa.

Resultado da Semifinal

Jogo de Ida – Dia 25 de Setembro
Bonito 3 x 1 Curuzu
Mutzel 2 x 2 Nova Pádua

Jogo da Volta – Dia 02 de Outubro
Travessão Curuzu – Curuzu x Bonito
Em Nova Pádua – Nova Pádua x Mutzel

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Barra

Na eliminatória do Travessão Barra, realizada no último sábado, dia 24 de setembro, só deu Marin. O título ficou com o trio formado por Zulmiro Marin, Rafael Marin e André Marin. Na segunda colocação mais um trio com sobrenome Marin: Elimar Marin, Gilmar Marin e Fernando Marin. O trio formado por Eloi Marin, Valmor Marin e acreditem Natalino Caon ficou com a terceira colocação.

Foto: Vivia Fabian Copelli

Segunda a Secretária da Educação, Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Vivia Fabian Copelli, a etapa local do Travessão Barra iniciou com oito trios. Como vem sendo divulgado nas postagens do Campeonato de Bisca, os trios vencedores estão classificados para a grande final que acontece no dia 14 de outubro na sede do município.

Trios Vencedores
1º Lugar: Zulmiro Marin, Rafael Marin e André Marin
2º Lugar: Elimar Marin, Gilmar Marin e Fernando Marin
3º Lugar: Eloi Marin, Valmor Marin e Natalino Caon

Por: Maicon Pan

domingo, 25 de setembro de 2011

Vitória justa

A disputa pela 1ª divisão do 19º Campeonato Municipal de Nova Pádua esta eletrizante. No jogo mais esperado da rodada, o Ferroviário venceu a equipe do Paduense com autoridade. Na primeira etapa só o Ferroviário jogou. Com uma marcação forte e uma bela atuação de Josu, Fumacinha e Dudu, a equipe visitante chegava com muito perigo. A bola parada era sinônimo de perigo na área do Paduense. Na chance mais clara do primeiro tempo, o zagueiro Isa acertou a trave do goleiro Nane.

Foto: Maicon Pan
No primeiro lance de perigo da etapa final, Isa desviou um cruzamento e fez 1 x 0. Depois do gol, o Paduense acordou. Foi para cima em busca do empate, embora sem muita organização. O time da casa chegava em cobranças de falta pelos lados do campo sempre cobradas por Roger, mas sem muito perigo para o gol de Jair.

A grande chance do Paduense esteve nos pés do atacante Léo Sonda que driblou o goleiro adversário, mas foi travado na hora da conclusão. Por outro lado, o Ferroviário chegava nos contra-ataques puxados por Dudu, Josu e mais tarde Fabio.

No jogo, um lance no mínimo curioso. O capitão Samoel, da equipe do Paduense cometeu uma falta e recebeu o cartão amarelo. Os jogadores do Ferroviário alegaram que o jogador adversário já teria recebido o primeiro amarelo e deveria ser expulso. O árbitro se dirigiu até a mesa para confirmar se Samoel já havia recebido um amarelo. Convicto, o juiz da partida apresentou o cartão vermelho ao lateral do paduense.

Foto: Maicon Pan
Neste momento foram os jogadores do Paduense que pressionaram a arbitragem. Indignado, Samoel chegou a se ajoelhar no gramado dizendo que era o 1º cartão amarelo. O juiz conversou com um dos auxiliares e foi até a mesa pela segunda vez. Depois de alguns minutos, comunicou o atleta do paduense para que continuasse no jogo. Foi até o capitão Isa do Ferroviário e disse “Estou corrigindo o meu erro”.

Com 11 ou com 10, a verdade é que o Paduense não conseguiu evitar a primeira derrota na competição. Do outro lado, mesmo com a vitória no clássico do futebol de Nova Pádua, o Ferroviário continua na 5ª colocação com 7 pontos ganhos, mas apenas dois pontos atrás do líder, o próprio paduense que tem 9.

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Bonito

Barralho não é jogo exclusivo para homens. Prova disso é que no Travessão Bonito, o trio feminino formado por Janete Bisinella, Anita Alessi e Rosina Pilatti venceu a etapa local do 4º Campeonato Municipal de Bisca Trio. Nas edições anteriores, jamais um trio feminino havia conquistado o título nesta comunidade.

Foto: Monica Pan

O trio formado por Camilo Bisinella, Valério Bisinella e Horácio Pegoraro ficou com na 2ª colocação. Na disputa familiar entre o casal Janete e Camilo, quem levou a melhor foi a esposa. O trio formado por José Pegoraro, Pedro Pegoraro e Luizinho Gelain ficou com a terceira colocação.

Os trios vencedores estão classificados para a grande final que acontece no dia 14 de outubro na sede do município.

Trios Vencedores
1º Lugar: Janete Bisinella, Anita Alessi e Rosina Pilatti
2º Lugar: Camilo Bisinella, Valério Bisinella e Horácio Pegoraro
3º Lugar: José Pegoraro, Pedro Pegoraro e Luizinho Gelain

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Divisa

Na noite de ontem, a comunidade do Travessão Divisa realizou a eliminatória da 4ª edição do Campeonato Municipal de Bisca Trio. No total, 10 trios participaram da disputa que se estendeu até as 23h.

Foto: Maicon Pan
Em terceiro lugar ficou o trio formado por Olavo Tonello, Gilmar Barcaro e Amarildo Tonello. O trio comandado por Renato Salvador, Rafael Pan e Leandro Tonello terminou com a 2ª colocação. Este trio se destacou pelo grande número de empates por 60 a 60. O titulo da etapa ficou com o trio formado por Eduardo Tonello, Olir Menegat e Ademir Gelain que venceu a final por 5 x 2.    

Na entrega da premiação, o fabriqueiro Alexandre Arcaro fez a entrega das medalhas ao trio 3º colocado. Os fabriqueiros Gilberto Izéria e Tilde Leite fizeram a entrega dos troféus ao trio 2º colocado. E por fim, o vereador Demétrio Pan fez a entrega dos troféus ao trio campeão da comunidade do Travessão Divisa.

Foto: Maicon Pan
Os trios vencedores estão classificados para a grande final que acontece no dia 14 de outubro na sede do município.

Trios Vencedores
1º Lugar: Eduardo Tonello, Olir Menegat e Ademir Gelain
2º Lugar: Renato Salvador, Rafael Pan e Leandro Tonello
3º Lugar: Olavo Tonello, Gilmar Barcaro e Amarildo Tonello

Por: Maicon Pan

sábado, 24 de setembro de 2011

Bisca Trio – Etapa Travessão Leonel

Na última quarta-feira, dia 21 de setembro, as mulheres da comunidade do Travessão mostraram que entendem de carteado e que sabem jogar bisca. O titulo da etapa ficou com o trio comandado pela mãe Adélia Dalla Valle e os filhos Rodrigo e Rafael Dalla Valle. O trio feminino formado por Ermelinda Sonda, Edite Tonet e Terezinha Boz ficou com o 2º lugar.


Foto: Vivia Fabian Copelli
Na terceira colocação ficou o trio campeão do 2º Campeonato Municipal de Bisca Trio. Este trio que busca o bicampeonato da categoria é formado por Antônio Tonet, Clávis Tonet e Luiz Tonet (zinho). Os trios estão classificados para a grande final que acontece no dia 14 de outubro na sede do município.  

Neste sábado, as comunidades do Travessão Barra, Bonito e Divisa escolhem os seus representantes que estarão representando a respectiva comunidade em busca do troféu do 4º Campeonato Municipal de Bisca Trio de Nova Pádua.

Trios Vencedores
1º Lugar: Adélia Dalla Valle, Rodrigo Dalla Valle e Rafael Dalla Valle
2º Lugar: Ermelinda Sonda, Edite Tonet e Terezinha Boz
3º Lugar: Antônio Tonet, Clávis Tonet e Luiz Tonet

Por: Maicon Pan

Piccolo Esportivo no Jornal O Florense

Na edição impressa de ontem do Jornal O Florense, na coluna Show de Informações do amigo Oscar Francescatto, o Blog Piccolo Esportivo teve grande destaque.

Quero destacar o trabalho dos colaboradores, Vivia Fabian Copelli, Ronaldo Boniatti, Giovani Fabian, Cristian Menegat e aos demais amigos que enviam matérias e fazem este blog ser mais visitado e divulgado a cada dia que passa. De modo especial, o nosso muito obrigado a você Oscar, pela divulgação do blog na sua coluna. Isso nos incentiva a continuar trabalhando e alimentando o piccoloesportivo.


Aqui vai um recado para todas as pessoas que costumam acessam este blog. Tomem a liberdade de questionar e mandar sugestões para que possamos fazer um blog cada vez melhor. Fiquem a vontade para comentar as postagens.

Abaixo o texto publicado no Jornal Pioneiro:

www.piccoloesportivo.blogspot.com - saiba tudo sobre os esportes de Nova Pádua acessando o blog do título desta nota. A dica é do Willian Menegat, o melhor do jogo entre Duque de Caxias e Cruzeiro. Ele salvou o time da Linha 60. O blog é assinado pelo paduense Maicon Pan.

Por: Maicon Pan

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Rodada de clássicos

O domingo promete confrontos equilibrados nas duas pontas da tabela. Em casa a equipe do Paduense enfrenta nada mais nada menos que o Ferroviário. As duas equipes já fizeram jogos memoráveis do futebol de Nova Pádua. A equipe da casa busca ampliar a vantagem na liderança. Por outro lado, o Ferroviário busca somar mais três pontos para melhorar a posição na tabela de classificação. Se a 1ª fase terminasse hoje, o Ferroviário estaria classificado para disputar as semifinais da 2ª divisão.

Foto: Maicon Pan 
Outro bom jogo da rodada acontece no Travessão Aciolli onde se enfrentam São José e Planalto. A equipe da casa não poderá contar com o zagueiro Leandro Zampieri expulso na última rodada no jogo contra o Paduense. A equipe do Travessão Bonito torce por uma vitória do Ferroviário para buscar a liderança do campeonato em caso de vitória diante do São José.

Na ponta de baixo da tabela, destaque para o confronto das duas únicas equipes que ainda não marcaram pontos na competição. Curuzu e Santo Antônio se enfrentam em busca da 1ª vitória. A equipe do Curuzu não poderá contar com a experiência do zagueiro Algacir que cumpre suspensão pelo 3º cartão amarelo e do zagueiro Rodrigo Camana, expulso na última rodada.

No outro jogo da rodada, o Cerro Largo quer embalar de vez na competição. Em casa, recebe o Leonel em busca da terceira vitória consecutiva. Já o Leonel que não terá o zagueiro Sulivan Bernardi, busca a reabilitação depois de duas derrotas. O time da casa terá o retorno do zagueiro Jair Sonda que cumpriu suspensão automática.

O torcedor terá bons jogos para assistir e torcer pelo time de coração. Na segunda-feira, o blog traz a cobertura dos jogos, resultados e a entrevista com o craque da rodada. Acompanhe.

Por: Maicon Pan

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Piccolo Esportivo no Jornal Pioneiro

Diz o ditado popular: Quem não é visto não é lembrado. Na edição impressa de hoje do Jornal Pioneiro, na coluna Toque de Bola, do Jornalista Elizeu Evangelista, o blog piccolo esportivo teve grande destaque.

Foto: Maicon Pan
Quero aqui destacar o trabalho dos colaboradores, Vivia Fabian Copelli, Ronaldo Boniatti, Giovani Fabian, Cristian Menegat e demais amigos que enviam matérias e fazem este bolg ser mais visitado e divulgado a cada dia que passa. De modo especial, o nosso muito obrigado a você Elizeu, pela divulgação do blog em sua coluna. Isso nos incentiva a continuar trabalhando e alimentando o piccoloesportivo.

Aqui vai um recado para todas as pessoas que costumam acessam este blog. Tomem a liberdade de questionar e mandar sugestões que possam melhorar o conteúdo do piccolo esportivo. Fiquem a vontade para comentar as postagens. Seu comentário é valioso para cada um de nós.

Abaixo o texto publicado no Jornal Pioneiro:

Na Web
Os desportistas de Nova Pádua tem um blog em que podem acompanhar as informações sobre o município e região, além de apresentar entrevistas com jogadores profissionais. Trata-se do Piccolo Esportivo, produzido por Maicon Pan e colaboradores, como Cristian Menegat, que enviou e-mail à coluna solicitando a divulgação. Ele afirma que é leitor assíduo do Toque de Bola, que serviu como referência na sua formação. Para quem quiser conferir, o endereço é www.piccoloesportivo.blogspot.com .

Por: Maicon Pan

Craque da rodada

O craque da 3ª rodada é mais uma vez um jogador do Paduense. O lateral direito Samoel Pauletti nascido em 12/07/91 vem se destacando pela equipe da sede. No último domingo, marcou dois gols da vitória do Paduense diante do São José. Abaixo a entrevista

Piccolo Esportivo: Esse ano o Paduense montou uma equipe forte para a disputa do Campeonato Municipal. Como você descreve o time do Paduense?
Samoel: A equipe do Paduense vem forte para a disputa do campeonato de 2011. O elenco foi bastante modificado. A diretoria buscou jogadores com mais experiência e a união do grupo proporciona grande crescimento técnico e tático.

Piccolo Esportivo: Você conquistou os títulos de 2006, 2008, 2009 e 2010. O que você acha mais importante para conquistar o 5º título?
Samoel: Para conquistar um titulo é necessário ter uma equipe unida e determinada, independente dos jogadores que compõem o elenco.

Foto: Divulgação

Piccolo Esportivo: Qual a sensação de ser o capitão da equipe mesmo com jogadores mais experientes no grupo?
Samoel: Esse time faz parte da minha historia. Lembro quando assistia aos jogos e quando comecei a jogar no Paduense. Hoje estou sendo recompensado pela minha dedicação e força de vontade. Essa confiança que a comissão técnica vem depositando em mim mostra que também faço parte da história do E. C. Paduense.

Piccolo Esportivo: No próximo domingo o Paduense tem o clássico contra o Ferroviário. O que esperar do Samoel?
Samoel: A torcida pode esperar a mesma determinação que tive nos três primeiros jogos. Independe do adversário sempre entro em campo para dar o meu melhor.

Piccolo Esportivo: Porque você escolheu a lateral direita?
Samoel: A lateral direita é a posição que mais domino, mas também posso jogar como meia e volante.

Piccolo Esportivo: Deixe um recado para a torcida do Paduense.
Samoel: Peço que a torcida do Paduense continue comparecendo aos jogos para motivar ainda mais a equipe. Quero agradecer de modo especial a presença das namoradas, esposas e familiares dos jogadores que nos prestigiam incansavelmente a cada jogo.

Por: Cristian Menegat e Maicon Pan

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Papo de Profissional

O Papo de Profissional desta semana vai até a Espanha e entrevista um dos destaques do último Campeonato Gaúcho. O lateral direito Sueliton, destaque na campanha do São José e eleito o melhor de sua posição no último Gauchão. Pelo Zequinha foram 13 partidas e 2 gols. Hoje, Sueliton mora na Espanha onde defende o Rayo Vallecano, equipe da capital. 

Piccolo Esportivo: De onde você é?
Sueliton: Vitória de Santo Antão – PE

Piccolo Esportivo: Como foi o início jogando pelo Vitória das Tabocas?
Sueliton: Todo inicio é difícil principalmente quando se inicia em uma equipe pequena sem tanta visibilidade. Devo muito ao Vitória ao ABC de Natal e Porto de Caruaru entre outras equipes.

Piccolo Esportivo: Qual seu principal objetivo como jogador? 
Sueliton: Quero realizar todos os meus sonhos e dedicar sempre uma vida profissional ao futebol honrando a Deus onde quer que eu esteja.

Piccolo Esportivo: Como é a vida na Espanha, mais precisamente em Madrid?
Sueliton: Graças a Deus é dá forma como imaginei. Estou jogando em uma equipe de primeira divisão. Firmei um contrato de dois anos com a equipe do Rayo Vallecano. Estou muito feliz e espero permanecer aqui na Europa o tempo que Deus determinar.

Foto: Canindé Soares (Sueliton jogando pelo ABC)
Piccolo Esportivo: Você acredita que está colhendo frutos do Campeonato Gaúcho pelo time do São José? 
Sueliton: Isto é fato. O São José faz parte da minha história de vida. Foi no São José que grandes clubes do Brasil despertaram o interesse no meu trabalho. Foi aí em Porto Alegre que tive a oportunidade de conhecer pessoas especiais como o treinador Itamar Schuler, toda comissão técnica, o presidente Francisco Novelleto, entre outras pessoas que contribuíram para a minha vinda ao futebol espanhol.

Piccolo Esportivo: Tem idéia de um dia retornar ao Brasil?
Sueliton: Claro. Sempre que o jogador brasileiro vem para a Europa, sonha um dia voltar ao Brasil. Eu tenho o desejo de retornar e se possível ao futebol gaucho. Vou deixar essa hipótese pra um futuro onde Deus determinará.

Piccolo Esportivo: O que você pode dizer sobre o Rayo Vallecano?
Sueliton: O Rayo Vallecano é uma equipe de grande tradição aqui na Espanha. Acaba de retornar a elite do Espanhol e vem crescendo como todas as equipes que conseguem o acesso. O clube tem uma estrutura muito confortável e o grupo vem trabalhando forte para iniciar bem na Elite do Espanhol.

Piccolo Esportivo: O que é necessário para ser um bom lateral direito?
Sueliton: Então: penso que preciso aprender mais pra responder de forma mais qualificada. Pelo tempo que estou nessa posição, creio que o mais importante é ter concentração naquilo que fazemos.

Piccolo Esportivo: Qual a dica você deixa para os jovens que estão começando agora?
Sueliton: Apesar de ser jovem, creio que devemos fazer tudo com muita vontade e acreditar que podemos chegar naquilo que imaginamos. Saber ser profissional, se cuidar, manter disciplina e principalmente pensar na família e naqueles que os ajudaram. Infelizmente temos vários exemplos negativos em nosso mundo do futebol principalmente jogadores brasileiros

Por: Cristian Menegat

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Paduense e Planalto continuam invictos

Com a vitória no confronto dos líderes, a equipe do Paduense é líder isolado da competição com 9 pontos em três jogos. A equipe do Travessão Bonito faz uma boa campanha e soma 7 pontos em três jogos. Invicta na competição, a equipe ocupa a vice-liderança. 

Ferroviário vence a 1ª
No Travessão Curuzu, o Ferroviário jogou pela 1ª vez em seu domínio e venceu a equipe do Leonel pelo escore mínimo. O jogo foi muito disputado, com chances criadas pelos dois ataques. No 1º tempo, o Ferroviário assustou com Cris em um chute bem defendido pelo goleiro Tota. Na sequência do lance, Lucas Barcaro completou para o fundo das redes, mas estava em posição irregular. A equipe do Leonel teve uma chance clara com Clademir que exigiu uma ótima defesa do goleiro Jair.

Foto: Maicon Pan
Na 2ª etapa, a tônica do jogo foi à mesma. A equipe da casa teve maior posse de bola e criou as melhores oportunidades, mas o Leonel liderado pelo ótimo camisa 7 Jonas Motta assustava nos contra-ataques. Em uma arrancada pela esquerda Cris foi derrubado dentro da área. O arbitro Alexandre não teve dúvida: marcou pênalti que Josué bateu e converteu.

Logo em seguida a equipe da casa teve a chance de aumentar o placar, mas a trave impediu o gol de Fumacinha. No final do jogo a equipe do Leonel ainda reclamou de um pênalti inexistente em Flávio. Com a vitória o Ferroviário se recupera e soma 4 pontos em três jogos.

Planalto assume 2ª colocação  
Em um dia que a previsão era de chuva, a equipe do Curuzu e Planalto fizeram uma partida bastante movimentada no Travessão Bonito. Em um campo bastante castigado, algumas jogadas foram prejudicadas pelo quique da bola. No 1° tempo, a equipe do Curuzu teve duas oportunidades para marcar. Num toque de calcanhar, o atacante Renato deixou o companheiro Franciel Luza na cara do gol, mas desequilibrado concluiu para fora. No lance seguinte, o goleiro César fez uma ótima defesa e salvou a equipe da casa. 
Foto: Maicon Pan

Como diz o ditado: quem não faz leva. Numa bola alçada dentro da área a zaga e o goleiro ficaram parados e o atacante Douglas só teve o trabalho de colocar a bola para o fundo da rede. Num contra-ataque da equipe da casa, o lateral Leo foi derrubado dentro da área. Na cobrança de pênalti, Guilherme Gelain fez 2 x 0.

No segundo tempo, o treinador Mosmann fez algumas alterações, mas não contava com a expulsão Rodrigo Camana pelo segundo cartão amarelo. Por incrível que pareça a equipe visitante começou a dar jogar melhor. Em uma boa troca de passes entre Franciel e Douglas, a bola sobrou limpa para o atacante Renato que bateu firme para diminuir o placar para 2 x 1. Faltando 15 minutos para o final da partida, a equipe do Travessão Curuzu pressionou, mas não conseguiu o empate.

Goleada e liderança
No Travessão Acioli, o time da casa foi surpreendido por um placar elástico de 6x0, para a equipe do Paduense, única equipe com 100% de aproveitamento. No primeiro tempo poucos lances de gol. De interessante apenas a discussão de um impedimento duvidoso num ataque da equipe visitante e a expulsão de Lendro Zampieri aos 35min pelo segundo cartão amarelo.

Foto: Maicon Pan
Na segunda etapa, o Paduense decidiu o jogo em 15min. Logo aos 6min, Roger anotou em uma boa cobrança de falta. Aos 9min Loco Abreu ampliou em uma falha do goleiro Mica. Aos 13min em uma boa troca de passes, Roger só teve o trabalho de tirar do goleiro e fazer 3 x 0. Com este gol, Roger se isola na artilharia do campeonato com 8 gols.  Samuel Pauletti aos 20 e 25min ampliou o escorre para o time da sede. Aos 30min, em jogada individual, Leo Sonda marcou o sexto gol da equipe verde e branco.

Com a goleada de 6x0, a maior da competição até o momento, o Paduense vai com moral para enfrentar o rival Ferroviário, em casa. Já São José busca a reabilitação também em casa contra o Planalto.

2ª vitória consecutiva
No Travessão Cerro Largo, a equipe da casa venceu o Santo Antônio por 3 x 0 e no momento estaria classificado para as semifinal da 1ª divisão. Embalado com a vitória sobre o Ferroviário na última rodada, o Cerro Largo marcou com Douglas Balardin e Jacson em duas oportunidades. Com maior posse de bola a equipe da casa dominou amplamente o adversário. No próximo jogo, o Cerro Largo recebe a equipe do Leonel em busca de mais três pontos. Do outro lado, o Leonel busca a reabilitação depois da derrota diante do Ferroviário. 

Por: Cris Menegat, Renato Salvador, Jackis Fabian e Maicon Pan     

Definidos os confrontos da semifinal

Os classificados para as semifinais já estavam definidos antes mesmo de ser realizada a última rodada da primeira fase. Na sede do município, o Curuzu conseguiu um empate em 2 x 2 e terminou a primeira fase na primeira colocação com 11 partidas ganhas em 16 disputadas.

Foto: Maicon Pan
No Travessão Bonito, a equipe da casa venceu a equipe do Paredes pelo placar de 3 x 1. Com a vitória, a equipe do Bonito terminou na 3ª colocação com 9 partidas ganhas. De folga na rodada, a equipe do Mutzel terminou a fase de classificação na 2ª colocação com 10 partidas ganhas.  

Ontem a tarde, na Prefeitura Municipal de Nova Pádua, foi realizado o sorteio que definiu os confrontos da semifinal. Numa das semifinais, o Bonito enfrenta a equipe do Curuzu. O primeiro jogo acontece no Travessão Bonito no domingo dia 25 de setembro. O jogo de volta acontece no dia 2 de outubro, no Travessão Curuzu.

Na outra semifinal, o Mutzel enfrenta a equipe do Nova Pádua. O primeiro jogo acontece no Travessão Mutzel e o segundo na sede do município. Em caso de empate na soma das 8 partidas, classificam-se para a grande final a final as equipes que somarem o maior número de pontos. Em caso de novo empate, será realizada uma quinta partida.

Semifinal

Dia 25 de Setembro
Travessão Bonito - Bonito x Curuzu
Travessão Mutzel - Mutzel x Nova Pádua

Por: Maicon Pan

Campeonato Municipal de Bisca Trio

Quem nunca escutou as expressões: “vai liso”, “una briscola” ou ainda “um carico”, tão tradicionais num jogo de bisca. Como forma de preservar esse esporte, o município de Nova Pádua vem organiza o 4º Campeonato Municipal de Bisca Trio. O mesmo será realizado em duas etapas e tem o encerramento previsto para o mês de outubro.

Foto: Vivia Fabian Copelli
Na 1ª etapa, cada comunidade realiza a classificatória local que classifica os três trios vencedores para a grande final. Na premiação local, o trio 1º e 2º colocados recebem troféus e o trio 3º colocado recebe medalhas. A etapa local deve ser realizada no período de 02 de junho a 01 de outubro.

A 2ª etapa corresponde à grande final do campeonato, que será realizada no dia 14 de outubro, em Nova Pádua. Os 03 trios vencedores das comunidades se enfrentarão para decidir que será o trio e a comunidade que vai levar o Título de Campeão Municipal de Bisca Trio 2011.

Premiação da Grande Final:
Trio Campeão: troféu para a comunidade, Medalhas e R$ 250,00
Trio Vice-Campeão: troféu para a comunidade, Medalhas e R$ 150,00
Trio 3º Lugar: troféu para a comunidade, Medalhas e R$ 100,00
Trio 4º Lugar: medalhas

Na foto, os vencedores da 3ª edição do campeonato municipal de bisca trio. O título ficou com o trio formado por Amarildo Sonda, Ermenegildo Dalle Molle e Alexandre Vezzaro do Travessão Leonel. O 2º lugar ficou com o trio formado por Roberto Galiotto, Marines Galiotto e Igor Galiotto, do Travessão Mutzel. O trio formado por Olécio Vailatti, Valmir Sotoriva e Idalino Zampieri, do Travessão Aciolli, ficou com o 3º lugar. O trio formado por Ivo Menegat, Demétrio Pan e Lourenço Tonello, do Travessão Divisa, ficou com a 4ª colocação.

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Curuzu

No último sábado, dia 17 de Setembro, a comunidade do Travessão Curuzu realizou a etapa local do Campeonato Municipal de Bisca Trio 2011. Esta etapa contou com a participação de um grande numero de pessoas.

Foto: Vivia Fabian Copelli
Trios Vencedores
1º Lugar: Evandro Lusa, José Luza e Odair Camana
2º Lugar: Franciel Luza, Willian Lusa e Levino Lusa.
3º Lugar: Élio Lusa, Pedrinho Lusa e Edson de Albuquerque

Amanhã, dia 21 de setembro, a comunidade do Travessão Leonel realiza a etapa local. No próximo sábado, dia 24, as comunidades do Travessão Barra, Bonito e Divisa realizam a eliminatória que vai apontar os três trios que estão representando a respectiva comunidade na decisão do dia 14 de outubro, no salão paroquial de Nova Pádua.  

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Paredes

No último dia 13 de agosto, a comunidade do Travessão Paredes realizou a etapa local do Campeonato Municipal de Bisca Trio 2011. Esta etapa contou com a participação de dez trios. 

Foto: Vivia Fabian Copelli
Abaixo, o nome dos integrantes de cada trio que garantiu classificação na grande final.

Trios Vencedores
1º Lugar: Valdir Fabian, Giovani Fabian e Leonardo Fabian.
2º Lugar: Lourenço Alessi, Olir Bandiera e Clademir Barcaro.
3º Lugar: Junior Chiarani, Samuel Fabian e Willian Fabian.

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Cerro Largo

No dia 20 de julho, a comunidade do Travessão Cerro Largo também realizou a etapa local do Campeonato Municipal de Bisca Trio 2011.

Foto: Vivia Fabian Copelli
Com apenas seis trios inscritos, três deles garantiram classificação na grande final que acontece no dia 14 de outubro na sede do município.

Trios Vencedores
1º Lugar: Henrique Smiderle, Milto De Carli e Orildo Smiderle.
2º Lugar: Eliandro Baggio, Gustavo Moterle e Rivelino Moterle.
3º Lugar: Laurindo Morandi, Leonardo Morandi e Olinto Smiderle.

Por: Maicon Pan

Bisca Trio – Etapa Travessão Mutzel

No dia 02 de julho, a comunidade do Travessão Mutzel realizou a etapa local do Campeonato Municipal de Bisca Trio 2011.

Foto: Vivia Fabian Copelli
Dos 14 trios que participaram da disputa, três garantiram classificação na grande final que acontece no dia 14 de outubro na sede do município.

Trios Vencedores
1º Lugar: Ademir Tonello, Eli Sonda e Jair Tonello.
2º Lugar: Genésio Sonda, Cleide Sonda e Bernardino Galiotto.
3º Lugar: Odacir Sonda, Helio Sonda e Silvio Sonda.

Por: Maicon Pan

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Um piccolo giro pela rodada

No ano passado quem começou mal a competição foi a equipe do Paduense. Em 2011 a história vem se repetindo, mas com a equipe do Travessão Curuzu. Em casa, o Ferroviário busca e reabilitação contra o Leonel. A equipe comandada por Pivoto ainda não venceu e pior, sequer balançou a rede dos adversários. Por outro lado, a equipe do Leonel busca mais 3 pontos para encostar de vez nos primeiros colocados.

No terceiro jogo seguido em casa, o Planalto busca a segunda vitória consecutiva contra a equipe do Curuzu, que vem de duas derrotas. O técnico Olinto ainda não sabe se poderá utilizar o zagueiro e capitão André, com uma contusão na canela. O atleta aguarda o resultado de uma ressonância magnética para saber se terá condições de jogo.

Foto: Giovani Fabian
Embalada depois da vitoria contra o Ferroviário, a equipe do Cerro Largo recebe o lanterna Santo Antônio. O grande objetivo é terminar a rodada entre as equipes que estariam classificadas para disputar o título da 1ª divisão. O desfalque fica por conta do zagueiro Jair Sonda, expulso no último jogo. O Santo Antônio terá o desfalque de Kiki por expulsão. Em contra partida terá o retorno do técnico Borracha e dos atacantes Mateus Sacarol e Adilo Toscan que cumpriram suspensão automática.

No travessão Aciolli, São José e Paduense reeditam a final do ano passado, vencida pelo time da sede por 1 x 0. O time da casa tem o retorno de Vilson Betanin, que compriu suspensão pela expulsão contra o Santo Antônio na primeira rodada. Quem vencer assume a liderança isolada do campeonato. O jogo marca o confronto dos dois ataques mais positivos da competição. No mínimo, o jogo promete muitos gols.

Confira os jogos da 3ª rodada:
Travessão Curuzu – Ferroviário x Leonel
Travessão Bonito – Planalto x Curuzu
Travessão Cerro Largo – Cerro Largo x Santo Antônio
Travessão Aciolli – São José x Paduense

Por: Maicon Pan e Giovani Fabian

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Craque da rodada

O craque da 2ª rodada foi o atacante Roger Boniatti, camisa 11 do Paduense e atual goleador da competição com 6 gols em 2 jogos. Nesta temporada, Roger voltou a defender o time da sede do município depois de algumas temporadas defendendo o Ferroviário. Com a média de três gols por partida, Roger vem fazendo um ótimo início de campeonato e contribuindo para a boa campanha do Paduense que divide a liderança com o São José. Acompanhe abaixo a entrevista.

Piccolo Esportivo: Qual a sensação de voltar a vestir a camisa do Paduense?
Roger: A sensação de estar vestindo a camisa do Paduense novamente é muito boa. Além de ser um time onde tenho muitos amigos, é uma equipe que briga por títulos e o time que iniciei a jogar futebol em Nova Pádua.

Piccolo Esportivo: Quantos títulos você conquistou vestindo a camisa do Paduense?
Roger: Conquistei três campeonatos municipais e duas Copas dos Campeões

Piccolo Esportivo: Qual o seu objetivo para 2011?
Roger: Meu objetivo é fazer um bom campeonato e ajudar meus companheiros na busca pelo titulo.

Piccolo Esportivo: Você tem uma meta de gols para o campeonato?
Foto: Roger Boniatti
Roger: Prefiro não estabelecer uma meta de gols, porque minha meta principal é vencer o campeonato. Tomara que os gols continuem saindo e que eu consiga dar muitas assistências.

Piccolo Esportivo: Qual é o segredo da bola parada?
Roger: Acredito que não há segredo, mas nas cobranças de falta o jogador deve ter uma boa leitura da distância, barreira e do goleiro para poder executar a cobrança com qualidade. Lembro-me que quando criança e adolescente treinava cobranças de falta em casa, sendo que a goleira era a porta da garagem e a barreira eram duas árvores. Apanhei muito de minha mãe por causa disso, mas acredito que isso me ajudou a bater bem na bola e ter noção do que a bola pode fazer se for bem chutada.

Piccolo Esportivo: Por que a escolha da camisa número 11? Tem alguma superstição?
Roger: Minha maior emoção no futebol (tirando as conquistas do Internacional) foi ver o Brasil ser tetracampeão mundial em 1994, aonde um baixinho com a camisa número 11 jogou muito. Depois daquele dia passei a usar a camisa número 11, em homenagem ao Romário.

Piccolo Esportivo: Você já havia marcado quatro gols em uma única partida?
Roger: Sim. Marquei defendendo o Independente (juniores), pelo Cruzeiro (juniores), no Ferroviário (no campeonato municipal) e agora pelo Paduense.

Piccolo Esportivo: Em que jogador você se espelha?
Roger: Meus principais ídolos no futebol são Romário, Taffarel, Zidane e Fernandão.

Piccolo Esportivo: Que recado você deixa para a torcida do Paduense?
Roger: Meu recado é que a torcida continue comparecendo nos jogos para apoiar o time e saibam que faremos o melhor para que o Paduense possa sair campeão.

Por: Cristian Menegat